• 23 de fevereiro de 2011

    Adobe e Android: manifestações de Amor

    Adicionar legenda

    Todo mundo sabe do grande penhasco que separa a Apple da Adobe, e graças a isso até Steve Jobs já disse que nunca ninguém verá o Adobe Flash em dispositivo com o iOS, quem tem um iPad ou iPhone sempre se justificam que ninguém precisa do Flash e que o HTML 5 é o futuro. Mas do lado oposto temos o Android, que ao contrário da Apple, a Adobe morre de amores.

    O Android desde sua versão 2.1 roda o Flash 10 que ao contrário do Flash Lite usado no Symbian, não fica devendo quase nada para a versão de desktop, isso na prática significa abrir qualquer vídeo facilmente no navegador do Android, e mesmo a Apple se justifique falando que o Flash despenca com o desempenho dos smartphones – que em parte é verdade – ter o Flash em um smartphone faz muita diferença.

    Embora tenha sido anunciado que o tablet Xoom da Motorola, que roda o Android 3.0 Honeycomb, seria lançado sem suporte ao Flash, a Adobe rapidamente já se manisfestou: “Alguns tablets já virão com Flash 10.2 pré-instalado e nos outros – caso do Xoom – rapidamente estará disponível via OTA”. O primeiro tablet a receber, obviamente, será o Motorola Xoom.

    Eu concordo plenamente, embora o iPad seja um excepcional aparelho, para uma navegação realmente completa o Flash faz falta, um tablet de cerca de 10 polegadas com suporte a Flash é praticamente a mesma coisa que navegar em um PC, já que muitos Netbooks são menores que isso e sinceramente: isso ainda vai pesar muito na hora de comprar entre um iPad e um tablet com Android.

    Fonte: TekiMobile (por André Luiz)

    Um comentário:

    Anônimo disse...

    "O Android desde sua versão 2.1 roda o Flash 10"

    Como assim? O.O
    Você poderia explicar melhor como isso acontece? Estou interessado em saber hehe

    E Parabéns pelo site. Está realmente bem agradável de seguir :)