Pular para o conteúdo principal

Neo, smartphone da Sony Ericsson com Android 2.3, chega este mês com preço digno

Aos poucos o Brasil começa a receber os primeiros aparelhos da nova leva de smartphones topo de linha. E abril parece ser o mês de grande parte dos lançamentos: segundo nossas fontes que nos ajudaram a descobrir os preços do Nexus S e Atrix, a Sony Ericsson anunciará o Neo, aparelho com Android 2.3 e design muito, mas muito parecido com o Vivaz. E se compararmos o preço com a concorrência, tudo indica que ele será uma opção interessante para aqueles que querem economizar.

O Neo fez parte do pacotão de lançamentos da Sony Ericsson para a linha Xperia na Mobile World Congress, em Barcelona. Com os lançamentos do Arc e do Play no mesmo evento, o aparelho ficou um tanto ofuscado, mas em termos de configuração ele não deixa a desejar: tela de LCD com retroiluminação de LED com 3,7 polegadas com resolução de 480 por 854 pixels, processador de 1GHz, GPU Adreno 205 e câmera de 8MP, com capacidade de filmar em 720p e saída HDMI. E, veja só, todos os SE da nova leva já chegarão com Android 2.3 — alguns concorrentes chegarão com a versão 2.2 ainda, prometendo atualizações futuras.

Mas há, claro, detalhes que jogam contra o Neo na batalha contra os novos topos de linha da concorrência: há apenas 320MB de espaço interno, a memória RAM é de 512MB (contra 1 Gb dos Androids mais potentes) e o design não tem nada de novo — ele é apenas uma versão levemente modificada do Vivaz, o aparelho com Symbian voltado para fotografia que foi lançado no início de 2010. A bateria de 1500 mAh não parece empolgar também.

O que pode colocar o Neo em muitos bolsos é o preço que ele chegará por aqui. Enquanto os topos de linha chegarão na casa dos R$1.700, o brinquedinho da Sony Ericsson aterrissa em abril, pela TIM, por R$1.164, pelo que nos informaram. No fim das contas, ele se posicionará entre os modelos maiores e os Androids limitados de R$500, R$600. Ou, melhor ainda, esperamos que os aparelhos de entrada sejam assim: com grandes processadores, Android atualizado e saída HDMI.

Fonte: Gizmodo


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Papéis de parede com movimento para celular grátis

Quem tem um celular Android já deve ter visto alguns papéis de parede com movimentos. São bonitos e podem deixar o seu smartphone com a sua cara. Para quem gosta de temas com natureza, papéis de parede com peixes, com plantas ou animais costumam fazer muito sucesso. Já quem gosta de dragões, monstros ou outras figuras mitológicas também vai encontrar um wallpaper animado que tem o seu jeito. E o melhor, é que todos os wall papers listados aqui são totalmente grátis!

17 papéis de parede de peixes e efeitos de água no seu celular grátis!

Para quem gosta de peixes e papéis de parede, aí vai uma enorme coleção de live wallpapers com motivos marinhos para deixar seu Android com um visual novo. O mais bacana é que todos são grátis! Um montão de fundo de tela para seu celular com motivos de peixes, aquários, fundo do mar, e até mesmo parques aquáticos, tudo pra animar sua tela gratuitamente. Escolha um deles (ou vários) e baixe agora mesmo. Clique no título do papel de parede com tema de aquário que quer instalar e baixe diretamente do Google Play grátis.

Para que serve os botões MR, MS, M+ e MC da calculadora? Para melhorar a calculadora do seu Android!

O Android é um ótimo sistema, e muitas ferramentas úteis já estão disponíveis por padrão (além de serem gratuitas). Mas, quando o assunto é calculadora, a padrão do Android é muito inferior a qualquer calculadora que você encontra por aí. Eu acabo preferindo usar uma calculadora real, a do Windows (para quem não sabe o atalho, digite botão Windows + R, e em seguida, "calc" e enter), ou até mesmo fazer cálculos no Google (para isto, basta escrever a equação no campo busca). Mas quando não tem jeito, quando estou na rua e a única calculadora disponível é o meu celular, fico um pouco descontente com os poucos recursos disponíveis. Ainda bem que encontrei a Shake Calc; uma ótima calculadora, com opções de básica e científica, e é grátis.