• 12 de abril de 2011

    Neo, smartphone da Sony Ericsson com Android 2.3, chega este mês com preço digno

    Aos poucos o Brasil começa a receber os primeiros aparelhos da nova leva de smartphones topo de linha. E abril parece ser o mês de grande parte dos lançamentos: segundo nossas fontes que nos ajudaram a descobrir os preços do Nexus S e Atrix, a Sony Ericsson anunciará o Neo, aparelho com Android 2.3 e design muito, mas muito parecido com o Vivaz. E se compararmos o preço com a concorrência, tudo indica que ele será uma opção interessante para aqueles que querem economizar.

    O Neo fez parte do pacotão de lançamentos da Sony Ericsson para a linha Xperia na Mobile World Congress, em Barcelona. Com os lançamentos do Arc e do Play no mesmo evento, o aparelho ficou um tanto ofuscado, mas em termos de configuração ele não deixa a desejar: tela de LCD com retroiluminação de LED com 3,7 polegadas com resolução de 480 por 854 pixels, processador de 1GHz, GPU Adreno 205 e câmera de 8MP, com capacidade de filmar em 720p e saída HDMI. E, veja só, todos os SE da nova leva já chegarão com Android 2.3 — alguns concorrentes chegarão com a versão 2.2 ainda, prometendo atualizações futuras.

    Mas há, claro, detalhes que jogam contra o Neo na batalha contra os novos topos de linha da concorrência: há apenas 320MB de espaço interno, a memória RAM é de 512MB (contra 1 Gb dos Androids mais potentes) e o design não tem nada de novo — ele é apenas uma versão levemente modificada do Vivaz, o aparelho com Symbian voltado para fotografia que foi lançado no início de 2010. A bateria de 1500 mAh não parece empolgar também.

    O que pode colocar o Neo em muitos bolsos é o preço que ele chegará por aqui. Enquanto os topos de linha chegarão na casa dos R$1.700, o brinquedinho da Sony Ericsson aterrissa em abril, pela TIM, por R$1.164, pelo que nos informaram. No fim das contas, ele se posicionará entre os modelos maiores e os Androids limitados de R$500, R$600. Ou, melhor ainda, esperamos que os aparelhos de entrada sejam assim: com grandes processadores, Android atualizado e saída HDMI.

    Fonte: Gizmodo


    Nenhum comentário: