• 3 de maio de 2011

    A diferença entre vender apps no iOS e no Android

    O título já diz algo sobre a eterna rivalidade entre os dos sistemas, e já posso afirmar antes de você ler todo o post: existe diferença? Não. A real diferença está entre vender e disponibilizar de graça.

    Li uma notícia não muito animadora ontem no Gizmodo, que eu já desconfiava: criar aplicativos grátis para sistemas móveis como o iOS (Apple) ou Android (Google) não deixa ninguém rico. Parece óbvio, mas existe um detalhe importante: praticamente todos os aplicativos grátis se baseiam em publicidade para arrecadar um dinheiro extra e justificar seu desenvolvimento, ou como dizia Milton Friedman, "não existe almoço grátis". Alguém paga por isto. Seja o desenvolvedor, o sistema para onde ele é desenvolvido ou o usuário. Neste caso, um aplicativo grátis é praticamente todo financiado pelo desenvolvedor.

    Mas, e a saída para isto? O desenvolvedor Marco Arment criou o famoso serviço Instapaper para o iPhone e iPad, e resolveu criar 2 versões para o celular: uma grátis e mais básica, com publicidade, e outra mais completa e paga, por U$ 5.00. No iPad, somente a versão paga foi disponibilizada. Na versão grátis, incluiu publicidade. Logo percebeu que mesmo com poucas unidades baixadas da versão paga, o seu retorno era muito maior do que a versão grátis, que era baixada numa quantidade muito maior, mas a publicidade não compensava. O que fez? Retirou a versão grátis, e viu um grande aumento da sua renda.

    Eu resolvi escrever sobre o assunto porque a grande maioria de aplicativos do Android são grátis. E isto não quer dizer que eu não goste de apps com boa qualidade e preço zero, pelo contrário. Digo isto como desenvolvedor. É complicado imaginar um empenho em trabalho e dedicação para desenvolver um software de qualidade, e imaginar que apenas a publicidade vai fazer valer a pena. E como usuário, eu me pergunto se realmente é "caro" pagar um dólar numa aplicação que achei útil, ou um jogo que me daria boas horas de diversão.

    Já comprei alguns aplicativos, e a compra foi bem simples. E o dinheiro que investi, valeu a pena. Até hoje, posso afirmar que não gastei mais do que R$ 10,00 em todos os aplicativos que comprei no Android Market. Pra mim, não fez grande diferença no bolso, mas tenho certeza de que para o desenvolvedor, foi um dinheiro merecido.

    Nenhum comentário: